Como é o primeiro ano do seu filho?

A gravidez é um momento de muito planejamento e bastante expectativa diante de uma situação totalmente diferente da habitual. Com a chegada de um novo membro da família é a hora de preparar o ambiente e principalmente o coração. Temos a caminho um pequeno chegando e a ansiedade do parto para ver o seu rosto, suas mãozinhas e pezinhos, buscar traços semelhantes com membros da família e até mesmo preparar o enxoval e tudo mais muda bastante a rotina dessa nova mamãe.
São desafios novos, principalmente quando a mulher passa pela primeira gravidez – por mais que seja a segunda, uma gravidez não é igual a outra-, são sensações e experiências únicas. A partir do momento do nascimento do bebê, despertam novos desafios e mais novidades estão a caminho. Pensando nesse mar imenso de novidades, preparei uma lista – até um ano de desenvolvimento dos pequenos, confira.

1º mês
Ainda recém nascido, o bebê está passando pela fase de transição – passar do útero para a vida fora dele, a luz, o som, a temperatura e tudo o que o cerca é bastante diferente do que ele passou desde a fase embrionária até o parto. Nesse momento, é importante apoiar o pescoço do recém nascido – fornecendo sustentação, ainda nessa fase o bebê não possui força suficiente para fazer isso sozinho.

2º mês
A partir do segundo mês, o bebê passa a olhar na direção do som e a esboçar algumas reações – como o sorriso, por exemplo. Nessa fase ele passa a se comunicar também pelos olhos – além de levar os braços à cabeça.

3º mês
A partir dessa fase, ao final do primeiro trimestre de vida. O bebê já passa a ter força de segurar o pescoço, já que os músculos estão cada vez mais firmes.

4º mês
No quarto mês de vida, o bebê passa a ganhar um pouco mais de autonomia. Já consegue virar-se de costas e de lado. Também tem controle sobre as mãos e os pés. Nessa fase o bebe está esperto sobre diversos estímulos transmitidos pelos pais e cuidadores.

5º mês
Já nessa fase o bebê consegue erguer o corpo usando o apoio das mãos, além de controlar a cabeça e distinguir as cores. O pequeno já consegue segurar objeto com as duas mãos.

6º mês
No final do segundo trimestre de vida, pode começar a surgir os primeiros dentes. Já nessa fase o bebê rola nas duas direções, rasteja e já começa a sentar com ajuda. A partir dessa fase ele tem interesse em texturas.

7º mês
Com o 7º mês de vida, o bebê já senta sozinho, tem força para bater objetos e brinquedos e leva o pé a boca. Com o bebê se movimentando sozinho e ganhando autonomia – atenção aos perigos que ele pode correr como cortes e acidentes domésticos.

8º mês
O bebê gosta de explorar e de se movimentar, testando os limites dos movimentos do seu corpo. Consegue ver de forma cada vez mais nítida os objetos a longa distância e distingue bem as cores.

9º mês
Há uma maior coordenação entre o olhar e os movimentos. O bebê começa a tentar alimentar-se sozinho. Alguns bebês já engatinham e deslocam-se para todo o lado.

10º mês
Gradualmente interessa-se pela comida do adulto e leva os alimentos à boca, que mastiga. Demonstra afeto pelos pais e pelos cuidadores mais próximos e pelos irmãos. Reage negativamente aos estranhos, que afasta.

11º mês
Aos 11 meses o pequeno já distingue padrões sonoros e palavras. A partir dessa fase ele aprende os sons e a linguagem que está exposto.

12º mês
Com um ano a dieta começa a ficar mais parecida com a da família. O sono deve ser um pouco mais organizado, ainda que entrecortado, e o seu quarto já pode ser o seu local de dormir e também o lugar escolhido para as sonecas da tarde.

About the author: Dr. Rodrigo Felgueira

Leave a Reply

Your email address will not be published.